Haddad, o poste de Lula, vira réu em ação por improbidade administrativa

Fernando Haddad, o candidato que será oficializado pelo PT assim que a farsa da candidatura de Lula for reprovada pelo ministro Barroso, está em maus lençóis.

O petista acabou de virar réu numa ação de improbidade administrativa. A acusação afirma que Haddad fez uma ciclovia sem licitação, sem projeto executivo e preço superfaturado. Para se ter uma ideia o trecho de 12,4 km custou R$ 54,78 milhões, ou seja, R$ 4,4 milhões por km.

A promotoria afirma que todas as irregularidades foram engendradas pelo petista, que nega as acusações.

Siga-nos no Facebook

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

error:
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.