Marco Aurélio mandar soltar braço-direito de Fernandinho Beira-Mar

Ao conceder um habeas corpus que beneficiou Leomar Oliveira Barbosa, o ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal, contrariou o entendimento da Corte que permite a execução de pena após condenação em segunda instância.
Conhecido como “Playboy”, Barbosa cumpria pena por tráfico de drogas e é apontado como ex-braço-direito de Fernandinho Beira-Mar.
Na decisão tomada em 20 de junho, Marco Aurélio ordenou a soltura dele e de outros dois réus do mesmo processo se não houvesse outra razão para eles permanecerem presos.
Mas, em razão de um suposto erro, “Playboy” foi solto mesmo com outros mandados de prisão em vigor.

Marco Aurélio alegou que não há entendimento definitivo sobre a prisão em segunda instância e por isso mandou soltar o traficante.

Fonte: O Globo.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta