MPF acusa Ministro do Turismo de desviar R$ 10 milhões.

O MPF (Ministério Público Federal) de Alagoas informou, nesta terça-feira (9), que ingressou com nove ações por improbidade administrativa contra o ministro do Turismo, Marx Beltrão (PMDB). Os processos são referentes ao período em que ele era prefeito de Coruripe, no litoral sul alagoano, e que supostamente teriam resultado em um desvio de ao menos R$ 10 milhões.
Segundo as ações, ele e um grupo de pessoas são acusados de fraude em licitações, má administração de recursos públicos federais da educação, lavagem de dinheiro e corrupção ativa e passiva. Os crimes teriam sido praticados durante os anos de 2011 e 2012.

Siga-nos no Facebook

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta