Van Hattem contraria o próprio partido e declara apoio ao ‘voto impresso auditável’

O deputado federal Marcel van Hattem (NOVO/RS) anunciou na tarde desta segunda-feira (9) que votará favorável à Proposta de Emenda Constitucional do voto impresso. O parlamentar disse preferir chamar a questão de voto auditável.

Van Hattem comunicou a decisão “em respeito à coerência que sempre teve e ao eleitor que sempre soube desse seu posicionamento”.

Em nota divulgada nas redes sociais, o parlamentar ainda fez questão de lembrar que foi um dos subscritores da PEC, de autoria da deputada federal Bia Kicis (PSL/DF), ainda no ano de 2019.

Por outro lado, Van Hattem também criticou a “enorme concentração de poder nas mãos de um único órgão”, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

“O mesmo órgão planeja, organiza, executa e proclama os resultados das eleições, além de ser a instância recursal caso haja dúvidas e a própria instância auditora. Isso não faz sentido!” — declarou.

Ao longo da nota, o deputado também salientou que, em 2015, uma lei que tratava do assunto “foi aprovada por quase todos os partidos”, tendo inclusive o veto da ex-presidente Dilma Rousseff (PT) derrubado.

“Em novembro de 2016, quando ainda não havia me filiado ao Partido Novo, o próprio partido expressava, nas suas redes sociais, opinião idêntica à minha: ‘Voto eletrônico com comprovante impresso permite a rapidez atual com a possibilidade da recontagem física’, se necessário” — pontuou.

Generated by Feedzy