Xuxa processa e acaba sofrendo acachapante derrota judicial para Carla Zambelli

Xuxa Meneghel perdeu um processo que movia na Justiça contra a deputada federal Carla Zambelli (PSL-SP), após críticas ao seu livro “Maya”. Segundo informações do UOL, o pedido de reparação em um processo de danos morais negado pelo TJSP (Tribunal de Justiça de São Paulo).

Na ação, a apresentadora pedia uma indenização por dano moral no valor de R$ 150 mil, mas a juíza Carolina Pereira de Castro da 15ª Vara Cível julgou o pedido improcedente e extinguiu o processo.

Xuxa resolveu processar Zambelli após a parlamentar postar nas redes sociais críticas ao livro com temática LGBT infantil. “O alvo dessa teia de destruição de valores humanos não é mais você. Essa mira está apontada para a mente das nossas crianças! Sexualizar e instigar inocentes ao sexo pavimenta a pedofilia e a depravação. Não tenhais medo. Lute por elas conosco”.

De acordo com a decisão da 15ª Vara Cível, Carla fez o comentário dentro da liberdade de expressão e não poderia ser condenada por isso. A sentença ainda cita que a obra e a figura de Xuxa estão sujeitas as críticas, como qualquer pessoa.

Para o UOL, Karina Kufa – advogada de Carla Zambelli, afirmou que a decisão da justiça respeita o uso da liberdade de se criticar: “A Justiça reconheceu a relevância da liberdade de expressão e do livre exercício da crítica. A deputada Carla Zambelli apenas expressou a opinião dela sobre um livro. Com todo respeito a Xuxa, devo de dizer que a crítica não pode ser confundida com ataque de natureza pessoal”, disse.

Xuxa terá que pagar despesas processuais e honorários advocatícios no valor de 10% da causa.

Fonte: Istoé

O artigo Xuxa processa e acaba sofrendo acachapante derrota judicial para Carla Zambelli foi publicado originalmente em Folha da República.