Suspeito por ajudar a colocar fogo em monumento é preso pela Polícia

A Polícia Civil de São Paulo prendeu, na manhã deste domingo (25), um indivíduo com potencial ligação no incêndio do monumento que homenageia o bandeirante Borba Gato, em Santo Amaro, na Zona Sul da capital paulista.

Um grupo de aproximadamente 20 marginais de extrema-esquerda pararam próximo ao monumento histórico, na tarde deste sábado (24), retiraram pneus de dentro de um caminhão que parou no local, colocaram na base da estrutura e atearam fogo. A autoria do ato criminoso é atribuída ao grupo “Revolução Periférica”, movimento da extrema-esquerda

Através de imagens obtidas da ação criminosa, a polícia conseguiu chegar ao caminhão usado pelo grupo. O veículo estava com a placa adulterada e foi apreendido.

O motorista foi identificado e encaminhado ao 11º Distrito Policial (DP) em Santo Amaro, na Zona Sul, onde foi preso após prestar depoimento.

O artigo Suspeito por ajudar a colocar fogo em monumento é preso pela Polícia foi publicado originalmente em Folha da República.