Polícia Militar prende militantes esquerdistas acusados de praticar vandalismo em ato contra Bolsonaro (veja o vídeo)

A Polícia Militar (PM) prendeu, na noite deste sábado (24), dois militantes da extrema-esquerda acusados de jogarem pedras e quebraram vidraças de uma unidade do banco Itaú, na Rua da Consolação, em São Paulo. Eles participavam do ato contra o presidente Jair Bolsonaro.

“Vândalos presentes na Manifestação #24J quebraram vidros do banco Itaú e tentam retirar tapumes da Concessionária Hyundai, da Rua da Consolação. Tropa de Choque atua na região” — escreveu o perfil da PM-SP no Twitter.

Polícia Militar prende esquerdistas acusados de praticar vandalismo em ato contra Bolsonaro; assista ao vídeo

 

O artigo Polícia Militar prende militantes esquerdistas acusados de praticar vandalismo em ato contra Bolsonaro (veja o vídeo) foi publicado originalmente em Folha da República.

Generated by Feedzy