Manifestações da esquerda são marcadas por vandalismo, violência e destruição

O ato contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) realizado em São Paulo, neste sábado (24/7), foi extremamente violento e marcado por atos de destruição, vandalismo e ataques contra a Polícia.

A manifestação foi marcada por tumultos e bombas foi encerrada às 19h35. De acordo com a corporação, seis pessoas foram detidas até o momento. Elas foram encaminhadas ao 78º Distrito Policial, do Jardins.

Membros do grupo black bloc quebrarem vidraças de agência bancarária, quebrou vidros de pontos de ônibus, jogarem pedras em uma concessionária e foram para o confronto contra a PM

Houve correria e os militantes de extrema-esquerda se dispersaram para ruas adjacentes. O metrô Higienópolis, da linha 4-amarela, foi fechado temporariamente, mas já foi reaberto.

Em outro ponto da cidade, um grupo de extrema-esquerda botou fogo na estátua de Borba Gato em uma ação orquestrada.

“Os anjinhos da esquerda…”
Ahhh… mas eles lutam pela demogracinha! pic.twitter.com/ElB40Eo9EU

— Tercio Arnaud Tomaz (@TercioTomaz) July 25, 2021

 

O artigo Manifestações da esquerda são marcadas por vandalismo, violência e destruição foi publicado originalmente em Folha da República.

Generated by Feedzy