Lula, Chico Buarque, Wagner Moura e Gleisi assinam carta contra ‘embargo’ de Biden à Cuba

O ex-presidente Lula (PT) assinou, junto com mais de 440 personalidades esquerdistas mundiais, uma carta aberta ao presidente norte-americano Joe Biden pelo fim dos embargos econômicos a Cuba e em defesa da Ditadura comunista cubanaa. O documento foi publicado como um anúncio no jornal The New York Times.

Além de Lula, outras 50 personalidades brasileiras assinam o documento. Entre eles estão o cantor Chico Buarque, ator Wagner Moura e a deputada federal Gleisi Hoffman (PT). A carta conta ainda com manifesto de ativistas, políticos, artistas e intelectuais de diferentes países.

A carta foi publicada após o governo norte-americano propor uma nova rodada de sanções a Cuba, em um suposto embargo econômico que já dura 6 décadas. As novas medidas têm como alvos o ministros cubano Alvaro Lopez Miera e uma unidade de segurança do Ministério do Interior.

Segundo a Casa Branca, as sanções são uma resposta às violações de direitos humanos cometidas contra manifestantes que foram às ruas em 11 de julho para pedir políticas efetivas de combate à escassez de alimentos e remédios registrados no país.

A organização da carta aberta foi realizada por 3 organizações norte-americanas: People’s Forum, Answer Coalition e CodePink.

O artigo Lula, Chico Buarque, Wagner Moura e Gleisi assinam carta contra ‘embargo’ de Biden à Cuba foi publicado originalmente em Folha da República.

Generated by Feedzy