Ex-jogador Casagrande sofre derrota na Justiça e Globo terá que publicar direito de resposta de Ana Paula Henkel

A ex-atleta de vôlei Ana Paula Henkel conseguiu uma vitória na Justiça contra o comentarista e esquerdista Walter Casagrande e o Grupo Globo. A ex-jogadora processa o ex-atleta e o grupo de comunicação por um artigo publicado no portal “ge.globo” a criticando. Com esta decisão, a Globo terá que garantir o pleno direito de resposta à campeã Ana Paula.

De acordo com o portal Notícias da TV, o juiz Christopher Alexander Roisin, da 14ª Vara Cível do Tribunal de Justiça de São Paulo, avaliou que Ana Paula teve sua honra ferida pelo texto de Casagrande e que sua resposta não foi promovida pelo “ge” com a mesma dimensão que o original.

“O local de publicação da resposta não é o mesmo, a ele não foi dado o mesmo destaque, publicidade e dimensão, não tendo sido transmitida no mesmo espaço reservado à matéria ofensora, nem no mesmo dia da divulgação, do que decorre que não existiu resposta, nos termos do artigo 4º, §3º, da Lei em referência” explicou o magistrado.

Assim, o Grupo Globo foi condenado a dar direito de resposta à ex-atleta no mesmo dia da semana, horário e espaços que o texto de Casagrande foi publicado. Ana Paula ainda tem brigas judiciais com a Band e o apresentador Neto, que apoiou o ex-jogador de esquerda quando começaram os ataques contra ela.

O artigo Ex-jogador Casagrande sofre derrota na Justiça e Globo terá que publicar direito de resposta de Ana Paula Henkel foi publicado originalmente em Folha da República.