Após criticar silêncio da esquerda sobre manifestações em Cuba, Juliana Paes é chamada de “bolsonarista”

A renomada atriz Juliana Paes voltou a causar barulho nas redes sociais. O motivo foi um comentário realizado pela artista, a qual criticou o silêncio de alguns militantes simpatizantes da ditadura comunista em Cuba. No último domingo (11), populares do país caribenho foram às ruas para pedir por liberdade.

“Hoje tá um silêncio naquele Twitter ou estou delirando?” — escreveu a atriz, na publicação da economista Renata Barreto, no Instagram.

Na postagem, a economista questiona a existência de uma democracia em Cuba. Segundo Renata Barreto, o país “é refém da ideologia” que as pessoas que usam “camisetinha do Che Guevara” defendem. “Cuba é refém da ideologia que você defende. Tenha vergonha” — escreveu.

Não demorou muito para que militantes que simpatizam com a ditadura cubana se manifestassem sobre o comentário da atriz. Muitos deles acusaram ela de ser “bolsonarista”.

O artigo Após criticar silêncio da esquerda sobre manifestações em Cuba, Juliana Paes é chamada de “bolsonarista” foi publicado originalmente em Folha da República.