Renan Calheiros enlouquece após depoente tentar envolver Luis Miranda em supostas compras ilegais de vacina

O senador Renan Calheiros, relator da CPI da Pandemia, ficou ensandecido durante a sessão da CPI da Pandemia desta sexta-feira (01). O motivo central foi um áudio revelado pelo empresário Luis Dominguetti, que depõem a comissão.

Na gravação, o deputado federal Luis Miranda aparece supostamente tentando negociar a aquisição de vacinas com o CEO da Davati no Brasil, Cristiano Alberto Carvalho.

Sem citar nomes, o senador insinuou que a revelação do áudio seria mais uma tentativa de proteger os responsáveis pelas mais de 500 mil vítimas do novo vírus.

Os senadores da base governista reagiram ao escândalo dado por Renan Calheiros. Flávio Bolsonaro chamou o relator de advogado de Luis Miranda. Marcos Rogério foi outro congressista que reagiu à declaração feita por Renan e o acusou de ser leviano.

Após áudio exibido por Luiz Dominguetti colocando em xeque acusações de Luís Miranda, o relator se exalta, contesta depoimento, ataca a Polícia Federal e, em seguida, a oposição pede a prisão do depoente. Pelo visto, a oitiva só vale até o momento em que confirma as narrativas. pic.twitter.com/VExeuDUYdI

— MARCOS ROGÉRIO (@MarcosRogerio) July 1, 2021

O artigo Renan Calheiros enlouquece após depoente envolver Luis Miranda em supostas compras ilegais de vacina foi publicado originalmente em Folha da República.