Bolsonaro deixa as coisas bem claras: “Não vai ser CPI com 7 bandidos que vai nos tirar daqui”

Nesta quarta-feira (30), o presidente Jair Bolsonaro voltou a subir o tom com 7 dos 11 senadores que integram a CPI da Pandemia na condição de titular, em especial, Omar Aziz, presidente da comissão; Randolfe Rodrigues, vice-presidente; e Renan Calheiros, relator. Bolsonaro afirmou que não vai ser uma CPI integrada por 7 bandidos que vai tirar ele do poder.

“Não conseguem nos atingir. Não vai ser com mentiras ou com CPI, integrada por 7 bandidos, que vão nos tirar daqui. Temos uma missão pela frente, conduzir o destino de nossa nação e zelar pelo bem estar e pelo progresso do nosso povo”, afirmou.

A declaração do presidente da República foi dada durante o evento de inauguração da nova estação de radar de fiscalização em Ponta Porã, no Mato Grosso do Sul.

O artigo Bolsonaro deixa as coisas bem claras: “Não vai ser CPI com 7 bandidos que vai nos tirar daqui” foi publicado originalmente em Folha da República.