OAB de Goiás vai apurar se “houve excessos” na captura de Lázaro Barbosa

A Ordem dos Advogados do Brasil de Goiás irá investigar se houve excessos na captura de Lázaro Barbosa, que foi morto na última segunda-feira (28) após intensa troca de tiros com a polícia. Além do número de tiros no corpo do assassino, a OAB alega ausência de informações detalhadas sobre a captura do criminoso.

Confira na RecordTV

 

O artigo OAB de Goiás vai apurar se “houve excessos” na captura de Lázaro Barbosa foi publicado originalmente em Folha da República.