Jean Wyllys diz que caso Lázaro ‘cheira tão mal’ quanto o atentado sofrido pelo “genocida” Bolsonaro

O ex-deputado federal esquerdista Jean Wyllys, atualmente “exilado” residindo fora do país, foi até as suas redes sociais para comentar o caso do serial killer Lázaro Barbosa.

Em uma publicação feita em seu perfil oficial no Twitter, o ex-parlamentar compartilhou uma notícia do site Brasil 247, em que afirma que a polícia civil está investigando se Lázaro agia como assassino de aluguel.

Na legenda da postagem, Wyllys comparou o caso com o atentado sofrido pela então candidato à presidência da República, Jair Bolsonaro.

“Essa história cheira tão mal quanto a do “atentado” ao então candidato fascista à presidência da república em 2018; e tão mal quanto à execução de Adriano da Nóbrega, miliciano com ligações com à família do hoje presidente genocida. Cheiro do ralo!”, escreveu ele.

O artigo Jean Wyllys diz que caso Lázaro ‘cheira tão mal’ quanto o atentado sofrido pelo “genocida” Bolsonaro foi publicado originalmente em Folha da República.