Luis Miranda “dá show”, chega a CPI de colete à prova de balas e se vitimiza: “Bolsonaro vai pedir perdão para mim”

O deputado federal Luis Miranda (DEM-DF) chegou a pouco no Senado Federal, onde prestará depoimento à CPI da Pandemia. Na chegada à casa legislativa, o parlamentar disse que ele e seu irmão, que é servidor do Ministério da Saúde, estão sendo injustiçados pelo presidente Jair Bolsonaro.

Trajando um colete à prova de balas e segurando uma bíblia na mão, o parlamentar deu um “verdadeiro show” ainda disse que o presidente irá pedir perdão a ele pelo que está acontecendo: “Bolsonaro vai perdi perdão para mim”.

Durante entrevista esta semana, o parlamentar disse ter apresentado provas ao presidente Jair Bolsonaro sobre um suposto esquema de corrupção envolvendo as tratativas do governo brasileiro para aquisição da vacina Covaxin, imunizante indiano contra o novo vírus. A declaração dele foi rechaçada pelo Planalto, que o acusou de mentir e falsificar documentos a respeito das negociações para compra da vacina indiana.

O artigo Luis Miranda “dá show”, chega a CPI de colete à prova de balas e se vitimiza: “Bolsonaro vai pedir perdão para mim” foi publicado originalmente em Folha da República.