Enquanto era vacinado, Randolfe diz que “não há vacinas” e é rebatido por cidadão: “vocês deveriam estar cuidando do país!”

Nesta segunda-feira (21), o vice-presidente da CPI da Pandemia, senador Randolfe Rodrigues, protagonizou um intenso bate-boca com um apoiador do presidente Jair Bolsonaro. O caso aconteceu na UBS Congós, na zona sul de Macapá, após o parlamentar tomar a primeira dose da vacina contra o novo vírus.

Durante a confusão, o senador da oposição chamou o presidente de “assassino” e afirmou que a CPI da Pandemia vai prendê-lo.

O bate-boca teve início depois do parlamentar ser abordado pelo apoiador do presidente. “Senador, senador, só uma palavrinha com o senhor. Por que aquela CPI da palhaçada lá em Brasília?” — questionou o bolsonarista. “Que a gente vai prender Jair Bolsonaro” — respondeu Randolfe.

“Não vai prender nunca. Sabe por quê? Deus está com ele. Em vez de vocês estarem perseguindo o Bolsonaro, vocês deveriam estar cuidando do país, que está doente” — replicou o homem. “Graças a Bolsonaro” — rebateu Randolfe.

O senador DPVAT (ex-PT e PSOL e atual REDE), sugere condecoração para médicos que usaram o tratamento precoce, tem amnésia seletiva, e se “esquece” das mais de 123 milhões de doses e dos bilhões de reais enviados pelo @govbr a estados e a municípios no combate ao covid. pic.twitter.com/osOOQZxzze

— Carlos Bolsonaro (@CarlosBolsonaro) June 21, 2021

Randolfe Rodrigues diz que o Brasil está doente por culpa do presidente @jairbolsonaro e que não tem vacina, enquanto era vacinado… pic.twitter.com/HZEZ7JAgI8

— Conservador@ – Rosa (@Conservadora191) June 21, 2021

 

O artigo Enquanto era vacinado, Randolfe diz que “não há vacinas” e é rebatido por cidadão: “vocês deveriam estar cuidando do país!” foi publicado originalmente em Folha da República.