Real foi a 15ª moeda que mais ganhou valor em relação ao dólar em 2021

O real foi a 15ª moeda que mais ganhou valor em relação ao dólar em 2021, segundo levantamento da Austin Rating. Subiu 3,5% no ano em comparação com o câmbio norte-americano.

A moeda brasileira reverteu parte do cenário de desvalorização que estava sendo registrado desde o início da pandemia de covid-19. Em 2020, o real foi o 6º que mais perdeu valor.

A maior valorização foi da rúpia de Seychelles, que cresceu 43,50%. Os piores desempenhos foram do Sudão (-87,3%), Líbia (-70,1%) e Venezuela (-65%).

A trajetória do real se descolou das moedas emergentes desde o início da pandemia, em março. Caiu 10,5% desde março de 2020, enquanto as divisas dessas nações subiram 1,6%. Apesar disso, a distância diminuiu em 2021: o real subiu 3,5% neste ano, enquanto as moedas emergentes caíram 1%.

Para fazer a comparação, o economista-chefe da Austin Rating, Alex Agostini, utilizou dados de 16 países emergentes que representam 76,7% do PIB (Produto Interno Bruto) do grupo de países. Ao todo, são 151 países classificados nestas condições, segundo o FMI (Fundo Monetário Internacional).

O dólar fechou aos R$ 5,06 nesta 4ª feira, com alta de 0,34%. Chegou a ficar abaixo de R$ 5 na manhã de ontem. Primeira vez que a moeda chega a este patamar desde meados no ano passado pré-pandemia.

O artigo Real foi a 15ª moeda que mais ganhou valor em relação ao dólar em 2021 foi publicado originalmente em Folha da República.