Joice diz que não vota em Bolsonaro “nem com arma na cabeça”

Após ter anunciado uma ação no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), na segunda-feira (14), pela desfiliação do PSL, a deputada federal Joice Hasselmann, que apoiou o presidente Jair Bolsonaro em 2018, disse que não votará no atual mandatário “nem com uma arma na cabeça”.

– Estou vendo para onde eu vou. Estou considerando três partidos, conversando diretamente com os presidentes dos partidos e obviamente tudo isso está “linkado” com a nossa terceira via para a eleição de 2022. Por óbvio, eu jamais estarei com o PT e nem com uma arma na cabeça eu voto no Bolsonaro – disse Joice ao site da Valor Econômico.

A parlamentar também disse ter entrado com ação contra o PSL por “justa causa”, por acreditar que a legenda se tornou, na opinião dela, “a representação do que há de pior na política”.

“Entrei na Justiça hoje para deixar a legenda por justa causa. Não sou boba. Sei que partido é problema, mas o PSL virou a representação do que há de pior na política”, afirmou.

O artigo Joice diz que não vota em Bolsonaro “nem com arma na cabeça” foi publicado originalmente em Folha da República.