Inconformado, Doria multa Bolsonaro por andar sem máscara ao lado de multidão em ‘motociata’

O governo João Doria (PSDB) multou o presidente Jair Bolsonaro, seu filho, o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) e o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, por não usarem máscara durante ato gigantesco de apoio ao presidente em São Paulo. O valor da autuação é de R$ 552,71, para cada.

“O documento endereçado às três autoridades pontua a necessidade da manutenção das medidas preventivas já conhecidas e preconizadas pelas autoridades sanitárias internacionais, como uso de máscara e distanciamento”, diz a nota do governo de São Paulo.

A autuação fala em importância uso de máscaras para frear a disseminação da covid-19. “O uso (…) é amplamente preconizado pela comunidade científica mundial internacional e o governo do Estado de São Paulo tornou obrigatória a sua utilização em seu território”, diz a justificativa da multa. “O Estado de São Paulo conta atualmente com mais de 3,4 milhões de casos e mais de 117 mil óbitos, com uma taxa de ocupação de leitos de UTI de 84,1%”.

O artigo Inconformado, Doria multa Bolsonaro por andar sem máscara ao lado de multidão em ‘motociata’ foi publicado originalmente em Folha da República.