Aziz e Renan serão processados com base no Estatuto do Idoso por destratarem e desrespeitarem Dra. Nise, afirma assessora

Os senadores Omar Aziz e Renan Calheiros, presidente e relator da CPI da Covid, serão processados judicialmente. Jane Silva, ex-secretária da Cultura e assessora da Dra. Nise Yamaguchi durante depoimento na CPI, anunciou a ação nas redes sociais, que pede “danos morais e a declaração de impedimento do senador Renan Calheiros”.

O comportamento dos senadores durante a sabatina da imunologista foi duramente criticada por diversos parlamentares e personalidades.

Na ocasião, de acordo com Jane, ela tentou conversar com Aziz, durante o intervalo da sessão, para pedir que ele e os integrantes da CPI fossem mais gentis ao questionarem a Dra. Nise. Jane afirmou que o presidente foi “estúpido e grosseiro” e a expulsou do local.

Ao final do depoimento da médica, no dia 2 de junho, Jane chegou a classificar a CPI como “sessão de tortura”.

– Chegando de Brasília, após ter presenciado horas de tortura a uma dama. Seu crime: ter encontrado 4 ou 5 vezes com o presidente da nação brasileira. Local da tortura: Senado Federal. Torturadores: senadores doutorados em corrupção – escreveu Jane no Twitter.

Além de agressão à mulher, a ex-secretária também lançará mão do agravante de que a Dra. Nise é uma idosa. Jane avisou que também irá denunciar Omar Aziz, que é engenheiro civil, ao Conselho Federal de Engenharia e Agronomia (CONFEA), por atitudes “desrespeitosas e misóginas”.

Ex- secretaria da Cultura Jane Silva, de Belo Horizonte que assessorou Dra. Nise Yamaguchi e foi injustamente expulsa, entra com ação pede danos morais e pede a declaração de impedimento do Senador Renan Calheiros.@SenadoFederal @nise_dra #NiseYamaguchi pic.twitter.com/fUtkuHsHPM

— Jane Silva Brasil, ex Secretaria da Cultura (@janesilvabrasil) June 8, 2021

 

O artigo Aziz e Renan serão processados com base no Estatuto do Idoso por destratarem e desrespeitarem Dra. Nise, afirma assessora foi publicado originalmente em Folha da República.