Randolfe pede convocação de Bolsonaro na CPI, causa tumulto e é enfrentado por Marcos Rogério

Nesta quarta-feira (26), no decorrer dos trabalhados da Comissão Parlamentar de Inquérito, o senador Randolfe Rodrigues – vice-presidente da CPI – causou tumulto e foi rebatido pelo seu colega de Casa, Marcos Rogério, ao apresentar uma solicitação para a convocação do presidente da República, Jair Bolsonaro.

Marcos Rogério detonou Randolfe, o qual estaria apresentando tal requerimento para dificultar a convocação de governadores e prefeitos. Ao qualificar o requerimento de Randolfe como uma “piada”, Marcos Rogério disse:

“Respeito a Constituição quando trata da separação de poderes. Esse requerimento vai em afronta total à separação de poderes. Fiz essa provocação ao considerar que é inaceitável, para não dizer outra palavra e ser mal interpretado”. Neste contexto, o parlamentar pediu que o pastor Silas Malafaia seja ouvido pela comissão. Randolfe Rodrigues causou tumulto, fez provocações a Marcos Rogério e tentou impedir o pronunciamento do senador.

Em meio à discussão, o senador Omar Aziz  proferiu insultos contra o senador Eduardo Girão, chamando-o de “sorrateiro” e “oportunista”.

 

O artigo Randolfe pede convocação de Bolsonaro na CPI, causa tumulto e é enfrentado por Marcos Rogério foi publicado originalmente em Folha da República.

Generated by Feedzy