“As Forças Armadas cumprem a Constituição Federal, cujo Artigo 142 prevê a garantia dos poderes constitucionais, a Lei e a Ordem”, diz General Braga Netto

Braga

O general Braga Netto, ministro da Defesa do governo Bolsonaro, declarou nesta quarta-feira (6) que não existe risco de “politização” das Forças Armadas no Brasil.

O general e Ministro afirmou:

“Isto é ponto pacífico entre os comandantes. Já conversamos sobre isto e não existe esta possibilidade” , disse ele.

A fala do ministro foi feita no decorrer de uma reunião que durou aproximadamente cinco horas na Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional da Câmara dos Deputados.

O militar acrescentou:

“As Forças Armadas cumprem a Constituição Federal, cujo Artigo 142 prevê a garantia dos poderes constitucionais, da lei e da ordem”.

Por fim, ele garantiu que isso não significa uma “tutela” militar do poder político, e que as democracias pujantes dependem de instituições não dependentes, mas fez um alerta, se necessário irão atuar para equilibrar os poderes.

“As Forças Armadas observam esses procedimentos. Prontas para, se houver necessidade, e desde que acionadas dentro do que a Constituição delimita, atuarem para equilibrar qualquer tipo de diferença ou descompensação que houver”.

O artigo “As Forças Armadas cumprem a Constituição Federal, cujo Artigo 142 prevê a garantia dos poderes constitucionais, a Lei e a Ordem”, diz General Braga Netto foi publicado originalmente em Folha da República.