Ministro da Defesa deixa o governo

Fernando Azevedo

O ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva, informou em nota oficial nesta segunda-feira (29) que deixou o cargo.

O comunicado não informa o motivo da decisão, mas especula-se na mídia que Azevedo e Silva foi demitido pelo presidente Jair Bolsonaro

O nome do substituto ainda não havia sido anunciado até a última atualização desta reportagem.

Azevedo e Silva foi escolhido por Bolsonaro para chefiar o Ministério da Defesa ainda durante a transição de governo, em 2018.

O militar foi chefe do Estado-Maior do Exército, um dos postos de maior prestígio na Força, e passou à reserva em 2018. Quando foi anunciado ministro, ele era assessor do então presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), o socialista Dias Toffoli.

O artigo Ministro da Defesa deixa o governo foi publicado originalmente em Folha da República.