Bolsonaro manda recado a governadores: ‘Estão esticando a corda! Faço qualquer coisa pelo meu povo’

Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro disse neste domingo que “estão esticando a corda” ao se referir a medidas de governadores que restringem a circulação de pessoas nos Estados e impedem que trabalhadores autônomos e comerciantes consigam renda para sustentar suas famílias.

“Alguns tiranetes, ou tiranos, tolhem a liberdade de muitos de vocês. Pode ter certeza que nosso Exército é o verde oliva, e é vocês também. Contem com as Forças Armadas pela democracia e pela liberdade. E contem com o povo também.”

Apoiadores se reuniram em frente ao Palácio da Alvorada, residência oficial do presidente, para cantar parabéns pelos 66 anos do presidente. Bolsonaro apareceu para conversar com a legião de apoiadores.

“Estão esticando a corda. Faço qualquer coisa pelo meu povo. Esse qualquer coisa é o que está na nossa Constituição, nossa democracia e nosso direito de ir e vir.”

O grupo levou um um bolo de aniversário do Palmeiras para Bolsonaro.

Além disso, uma carreata de apoiadores saiu da Esplanada dos Ministérios às 10h da manhã para se juntar ao grupo que o esperava do lado de fora da residência.

O presidente disse ainda que está fazendo tudo que pode para combater o coronavírus e que fez o que classificou como “o maior programa social do mundo”, que foi o auxílio emergencial. Ainda assim, criticou medidas que impedem as pessoas de trabalhar.

“O trabalho [interrompido por gritos de “queremos trabalhar”] dignifica o homem e a mulher. Ninguém quer viver de favor do Estado. Quem vive de favor do estado abre mão da sua liberdade.”

 

“Nós vamos vencer essa batalha, pode ter certeza que nós estamos do lado certo. Do lado do bem. Nós não queremos que o Brasil mergulhe num socialismo. O caminho para mergulhar no socialismo é aquele onde o povo vai par a miséria, vai para a fome e vai para o tudo ou nada. Nós não trilharemos esse caminho.”, disse.

O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), por exemplo, ampliou por mais uma semana as restrições de circulação da população e com fechamento dos serviços não essenciais. O Executivo brasiliense publicou um novo decreto na 6ª feira (19.mar).

Também nesse dia, o presidente perguntou a apoiadores se a população estaria preparada para uma ação do governo federal contra as medidas restritivas de Estados e municípios.

O artigo Bolsonaro manda recado a governadores: ‘Estão esticando a corda! Faço qualquer coisa pelo meu povo’ foi publicado originalmente em Folha da República.