Aliada de Bolsonaro é confirmada como Presidente da CCJ, comissão mais importante da Câmara

Bia Kicis

A deputada Bia Kicis (PSL-DF) foi eleita nesta quarta-feira (10) presidente da Comissão de Constituição e Justiça da Câmara dos Deputados.

A CCJ é a principal comissão da Câmara. Projetos de lei, propostas de emenda à Constituição e demais proposições precisam do aval da CCJ antes de avançarem na Casa.

Ela, que recebeu 41 votos, foi alvo de críticas dos partidos da oposição, a exemplo do PSOL. Diversos parlamentares da esquerda não esconderam a reprovação.

“O PSOL não faz parte do acordo. Não temos como dar acordo para uma extremista que ataca as medidas para salvar a vida da nossa população”, frisou a deputada Fernanda Melchionna (PSOL-RS).

Ao discursar, a conservadora Bia agradeceu e disse que foi alvo de “maledicências, narrativas injuriosas e falsas acusações” desde a divulgação de que assumiria a CCJ.

“Deixei claro que se honrada fosse com a confiança dos meus pares, eu seria, como de fato serei, uma presidente da CCJ serena, democrática e firme, a fim de zelar pela transparência e pela proporcionalidade garantidas pelo nosso regimento, a fim de garantir o equilíbrio dos nossos trabalhos”, disse.

A deputada e ativista Bia Kicis foi procuradora de Justiça no Distrito Federal durante de 24 anos. Ela acredita que a experiência dentro e fora do Legislativo ajudará na coordenação dos trabalhos enquanto for presidente.

O artigo Aliada de Bolsonaro é confirmada como Presidente da CCJ, comissão mais importante da Câmara foi publicado originalmente em Folha da República.