Governo Federal entrega mais 27 km de trechos duplicados na BR-116 no Rio Grande do Sul

Tarcísio

Melhores condições de trafegabilidade para escoar a produção nacional para os países do Mercosul é uma vantagem trazida pela liberação, nesta quinta-feira (10), de mais 27,1 quilômetros de pista duplicada da BR-116, entre Guaíba e Pelotas, no Rio Grande do Sul. O Presidente Jair Bolsonaro, acompanhado de ministros, participou da cerimônia que marcou a entrega da pista.

Foram 10,51 quilômetros em Barra do Ribeiro, outros 9,1 quilômetros entre Tapes e Camaquã e, por fim, 7,5 quilômetros em Cristal. O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, comemorou a liberação de mais trechos da obra pelo Governo Federal. “Isso aqui vai mudar a vida das pessoas, vai diminuir o tempo de viagem, vai diminuir o custo logístico.”

Relacionados:  Porto de Santos registra movimentação recorde de contêineres em outubro

A obra de duplicação da BR-116 entre Guaíba e Pelotas tem 211,2 quilômetros e está dividida em nove lotes construtivos. Com a entrega desta quinta-feira, 57% do total a ser duplicado está concluído, de acordo com o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit).

A BR-116 é a principal via de acesso ao sul do estado e ao Porto de Rio Grande, considerada corredor de escoamento de produção entre o Brasil e o Mercosul.

Melhorias na BR-116
O projeto de duplicação da BR-116 beneficia diretamente 12 municípios da região sul do estado. Ao longo dos últimos dois anos, o Ministério da Infraestrutura concluiu e liberou ao tráfego trechos em Pelotas, São Lourenço do Sul, Turuçu, Cristal, Camaquã, Tapes e Barra do Ribeiro.

Relacionados:  Governo quer leiloar 22 aeroportos até março de 2021, afirma Tarcísio

Além da implantação de uma nova pista, os usuários contarão com melhorias como travessias urbanas, ruas laterais, retornos operacionais, viadutos, passarelas e pontes. As intervenções proporcionarão mais segurança, conforto e organização ao tráfego das cidades próximas.