PT afirma que eleição na Venezuela foi democrática e que Bolsonaro é vassalo dos EUA

Gleisi Maduro

O PT divulgou uma nota elogiando a “eleição” para a Assembleia Nacional da Venezuela, que foi boicotada pelas legendas de oposição à ditadura de Nicolás Maduro e teve abstenção de 69%, segundo o próprio regime –80%, segundo ONG ligada aos oposicionistas.

“Saudamos as eleições legislativas da Venezuela realizadas neste domingo, que constituem mais uma grande manifestação da vontade popular no processo de transformação política, social e econômica daquele país ao longo das duas últimas décadas”, diz nota assinada pela presidente do PT, Gleisi Hoffmann, e pelo secretário de Relações Internacionais da sigla, Romênio Pereira.

Relacionados:  Lula promete censura venezuelana ao dizer que vai “regular a mídia”

Os petistas alegam que o pleito, cuja legitimidade é questionada por organismos internacionais, é uma resposta às pressões sobre Maduro “por parte do governo dos Estados Unidos e de vassalos como Jair Bolsonaro”.

Fonte: O Antagonista