Xuxa apresenta nova denúncia contra Sikêra Jr, revoltada por ser associada com drogas e sexualização infantil

Sikera e Xuxa

A polêmica envolvendo Xuxa e Sikêra Jr teve mais um desdobramento: A ex-rainha dos baixinhos, que entrou na Justiça pedindo uma indenização e a demissão do apresentador da RedeTV!, apresentou uma nova queixa-crime. Ela alega que o apresentador continua a associá-la à pedofilia e ao uso de drogas durante o programa de sucesso na REDETV: ‘Alerta Nacional’.

Na primeira ação Xuxa pedia o cancelamento do programa de Sikêra Júnior, mas o pedido foi negado em comemorada vitória de Sikêra.

Segundo o site Notícias da TV, o novo documento foi protocolado no dia 20 de novembro no Juizado Especial Criminal do Fórum Regional de Santo Amaro, em São Paulo. Os advogados da Xuxa pedem urgência.

Sikêra vem criticando a Xuxa por um filme que ela fez com um menor de idade e também por uma suposta apologia às drogas, além de citar o livro da apresentadora com temática LGBT para crianças.

Relacionados:  Sikêra Júnior debocha de Bonner após virar notícia no JN e ironiza: “Quando quiser”

‘A vileza e a infâmia contida as manifestações pensadas e voltadas a ofender a honra da vítima adquirem relevo ainda mais indecoroso e desprezível, vez que a querelante [Xuxa] foi vítima de abuso sexual na infância e uma das primeiras mulheres públicas a relatar abusos dessa natureza, de modo a manter hígida a luta pelo direito à inviolabilidade sexual de crianças e adolescentes’, diz parte do documento. A queixa ainda diz que Sikêra extrapola os direitos da liberdade de imprensa e de manifestação. Os advogados de Xuxa disseram que a fala do apresentador não estava cumprindo deveres jornalísticos, mas apenas ofendendo a contratada da Record.

Relacionados:  O Fenômeno Sikêra Júnior: Audiência da RedeTV! dispara nas capitais

Para justificar essa afirmação, eles transcreveram falas que foram ditas no ‘Alerta Nacional’ e chamam o funcionário da RedeTV! de mentiroso, desequilibrado, irresponsável, covarde, machista e misógino.

A defesa de Xuxa pede a condenação do apresentador nos crimes de calúnia, difamação e injúria. Eles não estão dispostos a realizar uma audiência de reconciliação, prática comum nesse tipo de caso. Entre os pedidos, também está que Sikêra Jr arque com todos os custos do processo, incluindo os honorários dos advogados da loira.