Bolsonaro promete dar ‘voadora no pescoço’ de quem fizer corrupção em seu governo

Bolsonaro

Falando a apoiadores, o presidente Jair Bolsonaro pediu, nesta quarta-feira (14), que a população valorize o voto nas eleições municipais deste ano e reforçou sua posição contra candidatos petistas, que podem vencer em algumas prefeituras do país. Ao lado do deputado Victor Hugo (PSL-GO), Bolsonaro comentou a situação do município de Anápolis (GO) e afirmou que jamais votaria em um candidato petista.

“O passado recente aconteceu há pouco tempo. O que é que esse partido (PT) fez pelo Brasil? Vão querer eleger prefeitos por aí? Eu não sou eleitor de Anápolis, mas, se fosse, eu não votaria no PT. O que eu posso falar para vocês é isso”, afirmou.

Relacionados:  Rodrigo Maia diz que “Bolsonaro é covarde”

Bolsonaro ainda citou outros países que adotaram o socialismo:

“Agora parece que o país quer regredir, voltar ao passado. É olhar a Venezuela, olhar a Argentina, pô. Pelo amor de Deus, valorize seu voto. Desconheço os candidatos lá em Anápolis, mas jamais votaria em um candidato do PT”, disse.

Bolsonaro também reforçou que não há corrupção em seu governo e que daria “uma voadora no pescoço” de algum aliado que se corrompesse em seu governo.

Relacionados:  Governo encomenda 100 milhões de doses da vacina de Oxford, 1º lote chega em dezembro

“No meu governo não tem [corrupção], porque botamos gente comprometida com a honestidade e com o futuro do Brasil. Se acontecer alguma coisa, a gente bota para correr, dá uma voadora no pescoço. Mas não acredito que haja [corrupção] no meu governo”, afirmou aos presentes.