Lacombe: “Eu defendo a presença da polícia nas comunidades!”

Lacombe

O jornalista ‘do momento’ Luís Ernesto Lacombe disse nesta terça-feira que é um defensor da atuação da polícia e do Estado dentro das favelas. Seu comentário foi visto como crítico ao STF, que proibiu operações em favelas do Rio de Janeiro, durante a pandemia de COVID.

Segundo o comunicador, contratado como nova estrela da REDETV!, a política de segurança pública brasileira não deve abrir mão de nenhuma frente diante desta atuação. Ele participou do programa Luciana By Night.

“Eu defendo a presença da polícia nas comunidades. Eu defendo a presença do Estado, e a polícia está incluída, mas o Estado de um modo geral, com saúde, educação e urbanização da favela. Não é um trabalho ostensivo e de patrulhamento da polícia nas comunidades, é um trabalho de inteligência. Não vou defender uma polícia que entra na favela atirando a esmo”, defendeu.

Relacionados:  Bolsonaro entra com ação de inconstitucionalidade contra suspensão de redes sociais de apoiadores

O jornalista ainda criticou o posicionamento de alguns políticos que defendem o banditismo. “Lá no Rio muitos políticos têm este discurso, de que o bandido é uma vítima da sociedade, que o bandido tem direito a te assaltar porque ele não pode ter algo que você tem. Não dá para você idolatrar bandidos e detrimento da polícia. Bandido é bandido”, disse.