Governo Bolsonaro interpela Rede Globo na justiça e quer direito de resposta no Jornal Nacional

Bolsonaro e Bonner

O governo do presidente Jair Bolsonaro elevou o tom contra a Rede Globo acionou a Justiça para pedir um direito de resposta no Jornal Nacional pela reportagem especial da TV Globo no dia 8 de agosto que tenta responsabilizar o presidente pelas 100 mil mortes por Covid-19.

A ação do governo foi apresentada pela Advocacia-Geral da União (AGU) ao Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF-2) e afirma que a reportagem “Coronavírus: Constituição diz que é dever do Estado evitar doenças — esse dever foi cumprido?” apresentou “indevidas ilações sobre uma suposta omissão deliberada por parte do Governo Federal, no contexto de combate à pandemia do gerada pelo Covid-19”.

O Jornal Nacional trouxe um editorial com críticas à atuação do governo no combate à pandemia.

O governo já havia pedido um direito de resposta à emissora no dia 20 de agosto, mas a Globo se recusou a conceder espaço “sob a alegação de que se trata de um editorial, cuja natureza reflete o posicionamento do veículo de imprensa e de que não teria havido acusação ao presidente da República ou sua responsabilização pelas mais de 100.000 mortes no Brasil”.

Relacionados:  Bolsonaro critica governadores que rejeitaram Escolas Cívico-Militares em seus estados

O Governo respondeu então que “não restou outro caminho que não a judicialização da questão, tendo em vista a necessidade de concessão de direito de resposta para o esclarecimento de fatos omitidos na referida reportagem”.