Governo deve avançar privatização dos Correios nas próximas semanas

Guedes correios

O governo de Jair Bolsonaro vai encaminhar ao Congresso nas próximas semanas projeto de lei regulamentando a prestação privada dos serviços postais, cuja aprovação é passo necessário para a desestatização dos Correios, afirmou nesta terça-feira a secretária especial do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI), Martha Seillier.

Em evento virtual promovido pelo banco Santander, Seillier afirmou que a privatização da PPSA, estatal que representa a União na gestão dos contratos de partilha do pré-sal, também demandará medidas legislativas, destaca a Revista Exame.

Relacionados:  Economia: PIB do Brasil cresce 0,6% no 3º trimestre

As duas empresas, ao lado da Eletrobras, foram apontadas como prioridades do programa de privatização sob o comando do ministro da Economia, Paulo Guedes, adepto do liberalismo econômico.

Seillier classificou como “míopes” críticas ao andamento da agenda de desestatização no governo Jair Bolsonaro, destacando que no último ano e meio o número de estatais incluídas no PPI ou no Programa Nacional de Desestatização passou de um para 17, de um total de 46 estatais. O que já aliviou e muito o tamanho do estado brasileiro, considerado inchado.