Fórmula 1 conversa com outras emissoras e Globo pode perder transmissão pela primeira vez desde 81

Fórmula 1 Globo

A Fórmula 1 ainda tenta renovar o acordo com a Globo, mas se preocupa com os poucos avanços. E a Bandeirantes agora aparece como uma opção. Canais fechados também foram procurados pelo Liberty Media, o grupo que detém os direitos do Mundial.

Detentora dos direitos de transmissão da Fórmula 1 no Brasil  desde 1981, a Globo ainda não renovou o contrato que termina após a temporada 2020. As negociações com o Liberty Media, o grupo que detém os direitos comerciais do Mundial, seguem, mas ambas as partes ainda não encontraram um denominador comum para os valores do acordo. Por isso, os americanos já procuram uma alternativa.

Após a MP do Futebol, que tirou poder da emissora carioca no esporte mais assistido pelos brasileiros, seria um baque grande para a emissora perder também a Fórmula 1.

Relacionados:  China recomenda o uso de cloroquina no tratamento de Covid-19

De acordo com o jornalista Flavio Ricco, a Bandeirantes foi procurada para transmitir a Fórmula 1 a partir de 2021. Os altos valores pedidos pelo Liberty Media, no entanto, ainda atrasam as negociações. Além disso, a situação financeira da Band não é das melhores. Outras emissoras brasileiras podem também fazer ofertas para retirara a F1 da Globo.