Whatsapp desativa contas do PT por ‘disparos em massa’

WhatsPT

O PT teve nove de suas contas desativadas no WhatsApp por disparos em massa e denúncias de spam político — ações proibidas pela plataforma de mensagens.

Segundo comentários do próprio Partido dos Trabalhadores, as contas foram tiradas do ar no dia 25 de junho. Quatro delas já foram reativadas.

“Não dá para a gente afirmar que seja uma represália, mas com certeza o Facebook tem lado, um posicionamento político e um posicionamento em relação ao PL [projeto de lei das fake news, apoiado pelo PT]. Não devem estar contentes com ele”, afirmou a presidente da legenda, Gleisi Hoffmann, ao UOL.

Segundo ela, “o bloqueio desses canais ocorreu justamente dias depois que iniciamos o abaixo-assinado pelo impeachment, com muitos apoiadores e entidades”.

Relacionados:  Deputado do PT defende que “todas as sentenças proferidas a partir de parecer” de Rodrigo Janot devem ser revistas.

Ainda de acordo com a presidente nacional do PT, o Partido está migrando sua comunicação para o Telegram e vai desenvolver sua própria plataforma nas redes.

As regras do WhatsApp proíbem o envio de “mensagens em massa ou automatizadas” que violem os “termos de serviço”. Cerca de 2 milhões de contas, em média, são banidas a cada mês.

Com informações do Antagonista e UOL.