EUA quebram todos os recordes e abrem 4,8 milhões de emprego em junho

Trump

Os Estados Unidos abriram 4,8 milhões de vagas de trabalho apenas no mês de junho, segundo dados do relatório de empregos, conhecido como payroll, publicados nesta quinta-feira, 2, pelo Departamento do Trabalho do país. Como no mês passado, a leitura surpreendeu as expectativas do mercado e reforça a tese de uma recuperação econômica em curso. A mediana de analistas consultados pelo Projeções Broadcast apontava para criação de 3,7 milhões de vagas.

A taxa de desemprego, por sua vez, caiu de 13,3% a 11,1% no mesmo intervalo, também surpreendendo a estimativa de queda a 12%, e a fatia da população dos EUA que participa da força de trabalho cresceu 0,7 ponto porcentual, para 61,5%.

“Estas melhorias no mercado de trabalho refletem a continuação da retomada da atividade econômica, afetada em março e abril devido à pandemia de coronavírus”, diz o órgão oficial, em nota.

Relacionados:  Bolsonaro receberá prêmio de Personalidade do Ano no Texas

Já salário médio por hora dos trabalhadores caiu 1,27% na passagem de maio para junho, ou US$ 0,35, para US$ 29,37 por hora. Na comparação anual, houve acréscimo de 6,75%. Analistas esperavam ganhos de 1,5% na comparação mensal e de 9,4% no confronto anual.

Fonte: Istoé Dinheiro