Weintraub acusa Maia de ‘fake news’ sobre falência do Votorantim: “O Banco existe até hoje”

Maia Weintraub

O ex-ministro da Educação, Abraham Weintraub reagiu a uma provocação do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ). No dia anterior , Maia havia ironizado a possibilidade de Abraham Weintraub ser alçado a diretor do Banco Mundial depois de deixar o Ministério da Educação.

Em entrevista à imprensa, pouco depois de Weintraub deixar o Ministério da Educação, Maia disse: “E porque não sabem que ele trabalhou no Banco Votorantim, que quebrou em 2009. Ele era 1 dos economistas do banco”.

Na madrugada desta 6ª (19.jun), o ex-ministro respondeu um comentário pelo Twitter: “Digo apenas que Banco Votorantim nunca quebrou e que existe até hoje. A afirmação dele [Rodrigo Maia] é uma mentira”.

Relacionados:  Rodrigo Maia diz que Moro será um nome forte para as eleições de 2022

Weintraub também acusou Maia de propagar ‘Fake news’:

“Trabalhei no Votorantim por 18 anos. O Banco existe até hoje. NUNCA QUEBROU! Atualmente invisto em títulos da dívida dessa instituição por acreditar em sua solidez e seriedade. Espalhar Fakenews sobre a solvência de uma instituição financeira é muito grave.”, disse.

Weintraub Maia