Eduardo celebra abertura de impeachment contra Witzel e defende que medida atinja mais governadores

Eduardo Witzel

O deputado federal Eduardo Bolsonaro comemorou a abertura do processo de impeachment contra o governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel. Dos 70 deputados da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj), 69 votaram pela abertura e um deputado se ausentou.

“Que o exemplo do Rio de Janeiro se espalhe pelo país, em todo lugar onde existam governadores prejudicando o povo”, disse Eduardo

O Governador Wilson Witzel se tornou alvo da Operação Placebo, deflagrada pela Polícia Federal com o objetivo de apurar indícios de desvios de recursos públicos destinados ao combate ao novo coronavírus. A esposa do governador, Helena Witzel, também está sendo investigada e chegou a passar mal diante de tamanha exposição.

Relacionados:  Escola do Rio de Janeiro vem a público pedir desculpas por ter chamado impeachment de Dilma de "golpe"