Bolsonaro: “O Brasil não vai para a esquerda, vamos vencer esta guerra!”

Bolsonaro Globo

O presidente da República, comentou as manifestações contra contra seu governo, que terminaram em pancadaria com a PM.

Jair Bolsonaro voltou a dizer que o Brasil não vai “virar uma Venezuela” e afirmou: “A gente vai vencer essa guerra aí. O Brasil não vai para a esquerda, não vai afundar. Não vai virar uma Venezuela, como alguns queriam aí.”

“Vocês entenderam como eu peguei esse país. Vocês têm razão o que pleiteiam e o que falam. Agora, eu peguei um corpo com câncer em tudo quanto é lugar. Um médico não pode, de uma hora pra outra, resolver esse problema todo”, explicou a apoiadores em frente ao Palácio do Alvorada, em Brasília.

Relacionados:  Guedes confirma que Bolsonaro foi quem vetou “nova CPMF”

O presidente também disse que, “se o Brasil continuasse nas mãos de quem estava, já teria acabado” e que os problemas serão resolvidos pouco a pouco.

Bolsonaro voltou a dizer que o desemprego e o número de mortes causadas pela covid-19 são responsabilidade dos governadores e criticou, indiretamente, os chefes dos executivos estaduais que “ainda desviam” recursos destinados a combater a pandemia.