PM prende manifestantes radicais ‘anti-Bolsonaro’ com canivetes e artefatos químicos

PM

Membros de torcidas organizadas, movimentos sociais e “antifas” geraram cenas de violências na Avenida Paulista, em São Paulo, neste domingo (31) em confronto com a PM.

Integrantes dos movimentos da esquerda lançaram pedras e outros objetos na direção da Polícia Militar (PM), que revidaram com bombas de gás lacrimogêneo e balas de borracha, este teria sido o motivo para a PM desmobilizar a manifestação, destaca a revista Istoé.

De acordo com a PM, alguns radicais presos no confronto com as forças de segurança foram encaminhados à delegacia dos Jardins. Eles portavam canivetes e artefatos químicos, conforme matéria do portal Renova Mídia e informações do Estadão.

Relacionados:  Caio Coppolla: "Sou patriota e por isso vou dia 26"