“Eles sabem que vai ser difícil voltar ao poder no Brasil”, diz General Heleno sobre a esquerda

General Heleno

O general e Ministro Augusto Heleno afirmou que a “esquerda radical” sabe que dificilmente vai “voltar ao poder no Brasil”.

“O que eu sinto no quadro político é que o desespero da esquerda radical vai aumentando, pois eles sabem que vai ser difícil voltar ao poder. A esquerda radical esperava que o presidente iria para o fundo do poço”, disse à Bandeirantes.

O General que comanda o GSI voltou a criticar o pedido de apreensão do telefone celular do presidente Jair Bolsonaro — apresentado por alguns partidos políticos ao STF e contra o qual também se manifestou nos autos o procurador-geral da República, Augusto Aras.

O próprio presidente já havia deixado claro que caso houvesse uma ordem deste sentido vinda do STF, ele se recusaria a cumprir.

“Pedir para apreender o celular do presidente, a autoridade máxima do país, o que é isso? Isso seria uma bola de neve. Queria ver se decidem pegar o celular do presidente da Câmara, do Senado, isso sairia na quinta página do jornal. É uma coisa que não faz sentido em um país que está em uma situação absolutamente normal, uma democracia. Imagine se os partidos políticos começam a pedir apreensão de celular… São uns disparates republicanos, aliás, nem republicano, é um disparate de quinta categoria.”, afirmou.

Relacionados:  Assista: General Heleno dá aula para jornalista que tentou desinformar sobre licenciamento ambiental