“A montanha pariu um rato”, diz Mourão sobre vídeo da reunião ministerial

Mourão

O vice-presidente da República, General Hamilton Mourão, minimizou e ironizou a divulgação do vídeo da reunião ministerial do último dia 22 de abril pelo STF.

A reunião é apontada pelo ex-ministro Sergio Moro, como prova de que o presidente da República, Jair Bolsonaro, teria tentado interferir na autonomia da Polícia Federal (PF).

“A montanha pariu um rato. Os comentários das redes são positivos”, disse o general Mourão minimizando o conteúdo do material.

Relacionados:  Caio Coppola critica STF: “Ministros que tem amizade com réus, soltam criminosos, julgam casos de escritórios de seus cônjuges”

O Presidente Jair Bolsonaro também comemorou o resultado da divulgação do vídeo:

“Não foi nem tiro de festim”, afirmou o mandatário brasileiro.