Weintraub: ‘Por mim, botava esses vagabundos na cadeia, começando no STF’

weintraub

No vídeo da reunião ministerial realizada no Palácio do Planalto, no dia 22 de abril, e que serviu de base para inquérito que investiga as denúncias de Sergio Moro, o ministro da Educação, Abraham Weintraub, fala em prender ministros da Suprema Corte.

“A gente está perdendo a luta pela liberdade. É isso que o povo está gritando. Não está gritando para ter mais estados ou mais projetos. O povo está gritando por liberdade. Ponto. É isso que a gente está perdendo. Está perdendo mesmo. O povo está querendo ver o que me troxue até aqui. Eu, por, mim, botava esses ‘vagabundos’ todos na cadeia, começando no STF. É isso que me choca”, diz.

Relacionados:  Bolsonaro anuncia programa que aprimora ensino de Ciência nas escolas públicas

Weintraub critica atuação do STF instantes após classificar Brasília como um ‘cancro de corrupção’. “Não quero ser escravo neste país, e acabar com essa porcaria que é Brasília. Isso aqui é um cancro de corrupção e privilégios. Eu tinha uma visão extremamente negativa de Brasília. Brasília é muito pior do que podia imaginar. As pessoas, aqui, perdem a percepção, a empatia e a relação com o povo. Se sentem inexpugnáveis”, acusa.