Aras requer abertura de inquérito contra governador do Pará por gastos de R$50 milhões com respiradores defeituosos

Aras Barbalho

A Procuradoria-Geral da República (PGR) encaminhou, nesta segunda-feira (18), ao Superior Tribunal Justiça (STJ) um pedido de inquérito contra o governador Helder Barbalho, do Pará, informa o Portal Renovamídia.

A procuradoria mira um gasto de R$ 50 milhões com 152 respiradores.

Importados da China, os aparelhos, que são importantes no combate a coronavírus, chegaram com defeitos que impossibilitaram o uso nos hospitais do Brasil que atuam no front da pandemia.

Um empresário foi preso em Belém na última sexta-feira (7), outro é investigado pela venda ao governo do Pará.

Relacionados:  Lula vê lado positivo no Coronavírus: “Ainda bem que a natureza criou esse monstro chamado coronavírus”

O procurador-geral Augusto Aras segue lançando pedidos de inquérito ao STJ para investigar governadores por suspeitas de corrupção em compras emergenciais na pandemia. Amazonas e Rio de Janeiro já foram alvos.