Janaína diz que depoimento de Valeixo é favorável a Bolsonaro e afirma “Não houve crime”

Janaína Paschoa

A jurista e deputada estadual mais votadade São Paulo, Janaina Paschoal (PSL), comentou o depoimento do ex-diretor da PF, Maurício Valeixo.

Conforme noticiamos, Maurício Valeixo afirmou que nunca houve interferência do presidente Jair Bolsonaro em investigações em curso na Insitutição.

Janaina Paschoal disse que leu o depoimento de Valeixo na íntegra, e que ‘precisamos ser justos’ diante da situação,

Segundo ela, “diferentemente do que vem sendo publicado, o Depoimento é completamente favorável ao Presidente da República. Dr Valeixo já havia pedido para sair e, na véspera da demissão, foi consultado… Aliás, Dr Valeixo foi consultado, à tarde, pelo Ministro (que não mencionou o ‘a pedido’, mas queria indicar o substituto) e foi consultado, à noite, pelo próprio Presidente, o que denota respeito”.

E ainda adicionou que “O depoimento do Dr Valeixo afasta a falsidade ideológica, que havia sido ventilada, pela publicação no Diário Oficial. Mas o depoimento foi além, pois o Delegado foi categórico ao assegurar que jamais houve interferência do Presidente em investigações.”

Relacionados:  “Partido político à esquerda do PT”, diz Bolsonaro sobre a imprensa

Na percepção de Janaina, “qualquer pessoa minimamente conhecedora do Direito Penal dirá que não houve crime.”

Por fim, a jusrista entende que é ‘injustificável’ manter a instauração do inquérito, pois, segundo ela, “ao que tudo indica, não há [crime]. E inquérito serve para apurar crime”, finalizou a parlamentar.