PT vai à Justiça para pedir ‘Lockdown’ em São Paulo

PT

O partido dos trabalhadores entrará nesta sexta-feira com um pedido na Justiça para que seja instituído o “lockdown” (bloqueio total) na cidade de São Paulo e região, destaca a Folha de São Paulo.

Segundo argumentam os signatários do pedido de medida cautelar (o vereador Antonio Donato, os deputados estaduais Paulo Fiorilo e José Américo e o deputado federal Carlos Zarattini) , os índices de contaminação na cidade continuam aumentando mesmo com as medidas restritivas impostas pelo prefeito Bruno Covas e o governador João Doria.

No pedido à Justiça, os parlamentares petistas dizem que a adesão ao distanciamento social nessas cidades tornou-se uma “peneira ao sol”, com apenas cerca de 50% de adesão.

Eles afirmam que a Grande São Paulo concentra 10% da população brasileira e corre o risco de se transformar numa tragédia muitas vezes pior do que a de Nova York, onde, segundo argumentam, a recuperação só começou após “duríssimo ‘lockdown'”.

Relacionados:  Em ato falho, Senador petista chama Moro de "Senhor Presidente"

Eles dizem até que as ‘carreatas’ feitas por apoiadores do presidente Jair Bolsonaro nas últimas semanas têm agravado o descontrole da doença na capital. “Não se detêm diante de hospitais regulares e de campanha dedicados ao tratamento da doença, ferem a lei e colocam sua pretensa liberdade de expressão —na verdade mensagens de ódio ao Congresso e ao STF, com clamor à edição de atos de exceção— acima do direito à vida”.

No Maranhão, primeiro estado brasileiro a implementar o chamado “lockdown”, foi a Justiça que determinou a implantação da medida.