Secretário de Estado americano diz ter provas de que coronavírus foi criado em laboratório na China

Mike Pompeo

O secretário de Estado dos Estados Unidos, Mike Pompeo, afirmou neste domingo (3) que o governo tem certeza de que o novo coronavírus, que causa a Covid-19, doença que provocou uma pandemia, foi criado artificialmente na China, destaca a Radio Jovem Pan.

“Posso dizer que há uma quantidade significativa de provas de que isso veio de um laboratório em Wuhan”, garantiu o integrante do governo de Donald Trump, em entrevista à emissora americana ABC News.

O Secretário americano insistiu na ideia ao longo da conversa e chegou a dizer que “os melhores especialistas parecem pensar que (o coronavírus) foi fabricado pelo homem”, em tese semelhante a que foi levantada recentemente pelo presidente do país.

Na última quinta, o próprio escritório do Diretor Nacional de Inteligência dos Estados Unidos descartou taxativamente que o patógeno tenha sido produzido em laboratório.

Relacionados:  Ministro Marco Aurélio mantém norma do CNJ que recomenda soltura de presos na pandemia

Quando foi questionado sobre essa posição de funcionários do próprio governo americano, Pompeo tentou voltar atrás e garantiu que estava de acordo com esse consenso do setor de inteligência e que não tem qualquer razão para duvidar que as informações estejam corretas, mas voltou a lamentar a falta transparência sobre o caso.