Curitiba tem confronto entre apoiadores de Moro e Bolsonaro

Moro Bolsonaro

Apoiadores do ex-ministro da Justiça, Sergio Moro e do presidente Jair Bolsonaro entraram em confronto hoje, em frente à sede da Polícia Federal, em Curitiba, no bairro Santa Cândida.

O Ex-ministro da Justiça, Sergio Moro, vai prestar depoimento na manhã de hoje, no local. O depoimento faz parte de um inquérito que apura acusações que o ex-ministro fez sobre o presidente Jair Bolsonaro. Segundo apontou Moro, o presidente tentou interferir no trabalho da Polícia Federal (PF). A PGR abriu inquérito para apurar as acusações e também o próprio Sergio Moro, caso esteja mentindo, poderia ser enquadrado no crime de ‘denunciação caluniosa’.

Pela manhã, manifestantes contrários e admiradores do ex-ministro se concentraram no local, portando cartazes. Aliados do presidente chamaram Moro de “traidor”, enquanto apoiadores do ex-ministro defendiam a operação Lava Jato e a atuação do ex-juiz. Um dos participantes tentou agredir um cinegrafista de TV. Policiais militares tiveram que conter os manifestantes. A polícia colocou uma cones e uma fita para separar os dois grupos.

Relacionados:  Bolsonaro envia tropas da Força Nacional para combater queimadas no Pantanal