Trump corta repasse de recursos para a OMS e acusa entidade de ‘má gestão e encobrir propagação do Coronavírus’

Trump

O presidente americano, Donald Trump, anunciou nesta terça-feira (14) que irá suspender os pagamentos norte-americanos à Organização Mundial de Saúde (OMS) em meio à crise gerada pela pandemia do novo coronavírus.

Ele alega que os fundos, que representam 20% do orçamento da entidade que gere a resposta mundial à pandemia, serão retidos enquanto seu país investiga o que ele chama de “má gestão e encobrir a propagação” da covid-19, destaca o Portal R7.

Segundo o presidente norte-americano, seu país contribui com uma quantia entre US$ 400 (cerca de R$ 2 bilhões) a US$ 500 milhões (cerca de R$ 2,5 bilhões) para a OMS por ano, enquanto “a China dá apenas US$ 40 milhões (cerca de R$ 200 milhões)”.

Relacionados:  Bolsonaro diz que Trump vai enviar 2 milhões de comprimidos de cloroquina ao Brasil

Ele criticou a entidade, dizendo que “se a OMS tivesse feito seu trabalho mandado experts para a China para fazer uma avaliação objetiva da situação e apontar a falta de transparência da China, o surto poderia ser contido no início”.