Em manifestação, populares pedem impeachment do governador João Doria

Doria

Após Doria ameaçar prender cidadãos que desrespeitarem a quarentena, caso o nível de isolamento social não baixe, a população de São Paulo organizou uma manifestação contrário ao atual governador do Estado de São Paulo.

Os manifestantes pediram o impeachment do governador, na tarde deste sábado (11), na região dos Jardins.

Os manifestantes, vários deles usando máscaras cirúrgicas, imitavam armas com as mãos, gritavam “fora Doria” e bordões contra o comunismo como “nossa bandeira jamais será vermelha”. Vários veículos levavam bandeiras do Brasil, outros bandeiras de São Paulo. Um deles carregava símbolos do império e outro uma bandeira dos EUA.

O governador, que atrelou sua imagem à de Bolsonaro na eleição de 2018, virou alvo do bolsonarismo depois de adotar uma política de isolamento e fechamento de empresas, como estratégia de combate à pandemia do coronavírus.

Relacionados:  Dória: "O Brasil precisa de mais Moros, e menos Lulas"

Procurado, o governo de São Paulo informou que “respeita o direito à livre expressão de todos que desejam participar de manifestações no Estado” mas reiterou que “o isolamento social é essencial para diminuir os casos e mortes de covid-19, de acordo com a recomendação da OMS (Organização Mundial da Saúde) e do Ministério da Saúde”.